sábado, 28 de fevereiro de 2009

O Centro Espírita pequeno, médio e grande

Achei simplesmente demais estas tirinhas do blog espiritinhas.blogspot.com
A realidade de nossas casas expressas em poucas palavras.
Parabéns ao criador das tirinhas.

O Centro Espírita Pequeno








O Centro Espírita Médio








O Centro Espírita Grande

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

TESE DE MESTRADO NA USP. PSICOLOGO FINGE SER GARI

'O HOMEM TORNA-SE TUDO OU NADA, CONFORME A EDUCAÇÃO QUE RECEBE'


Fingi ser gari por 8 anos e vivi como um ser invisível”


Psicólogo varreu as ruas da USP para concluir sua tese de mestrado da 'invisibilidade pública'.

Ele comprovou que, em geral, as pessoas enxergam apenas a função social do outro.

Quem não está bem posicionado sob esse critério, vira mera sombra social.


Plínio Delphino, Diário de São Paulo.


Leia a entrevista acessando:

http://www.scribd.com/doc/3089195/TESE-DE-MESTRADO-NA-USP-por-um-PSICOLOGO

(Colaboração de Geraldo Lemos Neto, Belo Horizonte, MG)

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Boletim TVCEI com Wilson Frungilo Júnior

Reunião do Movimento Espírita de Parnaiba

Domingo 01.03.09 às 17h, os presidentes das instituições espíritas de parnaiba, estarão reunidos no Centro Espírita Chico Xavier, Rua Borges Machado, 915 para tratar de questões que dizem respeito ao Movimento Espírita.
Esta reunião acontece a cada 1º domingo do mes como parte do trabalho de unificação das casas espíritas, oportunidade em que as casas se visitam, de vez que o calendário é rotativo.

O Livro dos Espíritos em áudio

Agora já pode ouvir on-line, ou fazer download de O Livro dos Espíritos.

Basta clicar aqui: http://www.forumespirita.net/fe/index.php?page=148

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

QUEM LÊ, ATENDA

"Quem lê, atenda." - Jesus. (MATEUS, 24:15.)

Assim como as criaturas, em geral, converteram as produções sagradas da Terra em objeto de perversão dos sentidos, movimento análogo se verifica no mundo, com referência aos frutos do pensamento.
Freqüentemente as mais santas leituras são tomadas à conta de tempero emotivo, destinado às sensações renovadas que condigam com o recreio pernicioso ou com a indiferença pelas obrigações mais justas.
Raríssimos são os leitores que buscam a realidade da vida.
O próprio Evangelho tem sido para os imprevidentes e levianos vasto campo de observações pouco dignas.
Quantos olhos passam por ele, apressados e inquietos, anotando deficiências da letra ou catalogando possíveis equívocos, a fim de espalharem sensacionalismo e perturbação?
Alinham, com avidez, as contradições aparentes e tocam a malbaratar, com enorme desprezo pelo trabalho alheio, as plantas tenras e dadivosas da fé renovadora.
A recomendação de Jesus, no entanto, é infinitamente expressiva.
É razoável que a leitura do homem ignorante e animalizado represente conjunto de ignominiosas brincadeiras, mas o espírito de religiosidade precisa penetrar a leitura séria, com real atitude de elevação.
O problema do discípulo do Evangelho não é o de ler para alcançar novidades emotivas ou conhecer a Escritura para transformá-la em arena de esgrima intelectual, mas, o de ler para atender a Deus, cumprindo-lhe a Divina Vontade.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

As Leis Morais

Terça-feira, às 19:30h.
O tema: As Leis Morais será apresentado durante o mes de fevereiro, pelo orador espírita, Altevir Esteves.